SIDDHARTHA DISCURSOS – DIOGÉNES – OS DEDOS E A SOCIEDADE

OS DISCURSOS DE SIDDHARTHA – DIÓGENES DE SINOPE

Durante o Carnaval de 2016 na vivência “Da Prece à Meditação” Siddhartha proferiu uma serie de discursos sobre Diógenes de Sinope. Este vídeo foca na história de Os dedos e a sociedade.

Diógenes de Sínope (413 – 323 a.C.)

Como acompanhamos nos primeiros vídeos: Diógenes de Sínope foi um filósofo grego discípulo de Antístenes. Foi exilado de sua terra devido a adulteração de uma moeda.
Mudou-se para Atenas e passou a viver como um mendigo.
Certo dia Diógenes viu um rato correndo pela rua de um lado para o outro sem direção. Isso foi entendido pelo filósofo como um remédio para as suas dificuldades e assim adotou um estilo de vida como uma resposta contra as comodidades e atividades intelectuais.
Ele vestia apenas uma túnica e vivia num tonel. Comia o que encontrava na natureza e lambia água das poças, tornando-se um ícone do quão pouco os homens precisam para viver sem necessidade do supérfluo. Ele  vivia em plena liberdade não se deixando dominar pela necessidades de conforto e prazeres, pois segundo ele os prazeres enfraquecem o corpo e a alma e o tornam um escravo, pondo em perigo a liberdade do homem.

Parte 5 – Diógenes Os Dedos e a Sociedade.

1 – A maioria das pessoas, comentava ele, está de tal maneira próxima da insanidade mental que um dedo faz
toda diferença:
“Se você andar com o dedo médio estendido, pensarão que é louco; mas, se for com o dedo mínimo, não pensarão assim”.

2 -A alguém que lhe disse: “Você está velho, vá repousar!”, Diógenes respondeu: “Como? Se eu estivesse correndo num estádio, deveria diminuir o ritmo ao me aproximar da chegada? Ao contrário, deveria aumentar a velocidade”.

3 – Coisas muito valiosas, afirmava Diógenes, são vendidas a preço ínfimo, e vice-versa; por isso, vende-se uma estátua por 3.000 dracmas, mas um quarto de farinha por apenas 2 moedas de cobre.

FICHA TÉCNICA  – Discursos de Siddhartha

Música:  Flauta – Siddhartha / Edição e Mixagem – Gusta Proença

Vídeo: Gravação – Aiyshah Dadam / Edição – Equipe Delphis

Duração: Tempo total – 14:41 minutos.

Gravado: Realizado no Hotel Paraná Golf São José dos Pinhais – PR – Carnaval 2016

Voz: Leitura Texto – Giovana Gulin

Texto – Os Dedos e a Sociedade