A chama da verdade

“Meditação é a origem da vida, uma chama que queima eternamente. Sua vida sem meditação, é a chama de uma vela apagada.” Siddhartha

Toda manhã após a prática da meditação Energetika Siddhartha costuma falar por alguns minutos, estes discursos denominados de Gotas de Verdade, foram gravadas em áudio. Abaixo está um deles do qual foi extraído a citação acima, gravado durante o Festival Delphis de 2015.

 

TEXTO EXTRAÍDO DE UMA CITAÇÃO DE SIDDHARTHA, APÓS A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO ENERGETIKA NO FESTIVAL DA  DELPHIS UNIVERSALIS DE 2015.

 

“Por alguns instantes permaneça imóvel… Apenas presencie a sua respiração…

Este momento é um vislumbre de sua verdade, um sabor de sua natureza…

Este é o momento em que sua chama está acesa novamente.  Como uma vela no vento da vida ela apagou e agora com o auxilio da meditação voltou a acender.

Na verdade a chama jamais apagou… Simplesmente estava escondida… Você havia procurado em todas às direções sem sucesso… Pois esqueceu-se de olhar para dentro.

Além da condição do EU, ela continuou viva esperando este momento para emanar a sua luz.

Esta chama eu chamo de… Meditação. A natureza de tua natureza. O espaço onde jamais teve escuridão.

A pratica é necessária para reencontrar sua chama vital e para cuidar dela.

Por isso quando encontrar o caminho da meditação será necessário assumir a prática diariamente. Para assim deixar o mundo das sombras onde viveu a vida toda e cair novamente na sua imensidão iluminada, onde estava na origem da sua vida.

Meditação é o caminho que lhe ofereço e neste instante está saboreando um pouco de sua beleza… Sua luz… Sua natureza… Talvez seja apenas um tira-gosto, mas é parte de sua verdade.

Meditação é a maneira de continuar vivo mesmo neste mundo de mortos!

Meditação é a origem da vida, uma chama que queima eternamente. Sua vida sem meditação é a chama de uma vela apagada.

Apenas você pode, ninguém mais além de que você! A decisão é sua, a responsabilidade é sua… O caminho é seu… Se este momento que está experimentando agora lhe é familiar. Se aqui agora está em paz consigo mesmo… Talvez seja o caminho que indico aquele que estava buscando.”

Compartilhe este E-card!