O Sabor da Tua existência

“A tua existência não se manifesta através de palavras, mas do silêncio…o mesmo silêncio contido no vento… é o mesmo silêncio que com a tua respiração está encontrando aí dentro.” Siddhartha

 

TEXTO EXTRAÍDO DE UMA CITAÇÃO DE SIDDHARTHA FEITA APÓS A PRÁTICA DA MEDITAÇÃO ENERGETIKA NA DELPHIS UNIVERSALIS EM 2015.

Toda manhã após a prática da meditação Energetika Siddhartha costuma falar por alguns minutos, estes discursos denominados de Gotas de Verdade, foram gravados em áudio. Abaixo está um deles do qual foi extraído a citação: “A tua existência não se manifesta através de palavras, mas do silêncio…o mesmo silêncio contido no vento… é o mesmo silêncio que com a tua respiração está encontrando aí dentro.”

Silêncio não é calar a boca

Este espaço no qual se encontra é o resultado da prática, e é um espaço único autentico, talvez apenas um sabor, mas mesmo assim autentico… E nesse momento você presencia sua natureza em um espaço de quietude de silencio.

É um silêncio que parece eterno que vibra em toda a natureza. Este silencio é o mesmo que você percebe quando está no meio do mato, no topo de uma montanha. Não há nada sagrado nisso, mas é a tua existência. Não há nada de mais…

Apenas o seu existir e nada nessa vida acontece amenos que não surge a partir de seu existir nesse espaço.

Deixa este silencio te acompanhar, deixe este silêncio preencher a tua vida o mesmo silencio que preenche toda a natureza… Todo o universo… Pois vibra na mesma sintonia.

No teu dia a dia observa esse silencio, no teu dia a dia entregue-se a ele…

Mas entendam que silencio não significa apenas calar a boca é uma qualidade que traz a sua vida, mesmo no movimento mais caótico, mesmo na balada mais intensa… Uma vez que conecta com esse silencio ela não sai, e nada perturba ela porque ela continua.

Deixa que essa silencio se torna a sua vibração novamente, e esse é todo o convite da pratica, voltar à sua natureza. E sua natureza é igual a natureza no meio do mato e seu silencio mesmo é igual…

Ao terminar…

Ao terminar uma prática experimente ficar mais quieto, não falar alias antes e depois! O mínimo possível! É o momento de entrar em contato com seu silencio. Qualquer palavra, qualquer distração esse momento some…

O ritual que você assume ao ir praticar é um compromisso consigo. Permanecer mais calado permite sentir com mais totalidade, como falei mesmo a boca fechada não haverá silêncio, mas estará trabalhando para ir em direção a ele.

Lembra-se disso e tudo que pode fazer é permanecer consigo….

Não pode mudar o mundo, não pode mudar o outro…apenas o seu caminho

Skills

Compartilhe este E-card!