Siddhartha fala – Sobre o Fenômeno da Projeção…

Projeção um estado de sono profundo

O que é afinal projeção? Freud define esse fenômeno como um mecanismo de defesa psicológica em que uma pessoa projeta os seus próprios pensamentos, desejos e sentimentos indesejados numa ou mais pessoas.

Siddhartha responde a uma pergunta a respeito de como cessar o fenômeno da projeção. Como sempre, de forma abrangente ele abraça o tópico desde as suas origens. Não se prende no significado da palavra, mas em como é possível evitar e desidentificar-se do filme projetado.

PERGUNTA: É POSSIVEL CESSAR O FENÔMENO DA PROJEÇÃO?

Siddhartha relata que cada vez que ouve a palavra “projeção” se lembra de quando era criança e assistia a um filme na igreja.

Naqueles tempos, um filme era denominado de projeção. Uma tela enorme onde coisas engraçadas, românticas ou tristes aconteciam.

Assim como em um filme a projeção  é algo que acontece  fora, longe da sua realidade e não  dentro.

Se vemos nossa vida como um filme nos damos conta que não fazemos parte dele. Isso seria já suficiente para sairmos desta ilusão na qual a projeção está contida e voltarmos ao momento presente.

Siddhartha diz que a única forma de cessar a projeção é sair do filme e voltar à realidade. A ferramenta que indica é a prática da meditação.

Ele também fala que nenhuma terapia adiantará a menos que UM não esteja consciente de que o espaço no qual se encontra é uma ilusão. E que esteja disposto a abrir mão de suas crenças.

Voltar para o Aqui Agora é o convite da meditação. Destacar-se de sua crença de ser algo fundamental para libertar-se do fenômeno denominado de projeção.

O homem sonha acordado e suas projeções são uma extensão de seus pesadelos.

DITO ISSO NOS REPORTAMOS A UMA FRASE DE SIDDHARTHA:

“O homem está dormindo. Mesmo que acredita estar acordado, não está. Dorme de noite, dorme de dia, dorme a vida toda até a hora da morte.
Vive de sonho em sonho, pesadelo em pesadelo, passa a vida toda neste estado de sonolência, sem despertar de verdade. Vive num estado inconsciente.
Só porque você está de olhos abertos não significa que esteja acordado. Esta é a grande ilusão!
Sonha de olhos abertos e de olhos fechados. Acredita ser alguém, “O EU”, mas este tal de “EU” não passa de um sonho.
Toda a humanidade está dormindo um sono coletivo.
Primeiro de tudo deve ser compreendido que está dormindo, sonhando. Ainda não experimentou o sabor da realidade.
Sonho é a manifestação do seu mundo e submundo inconsciente, uma manifestação noturna de seus pensamentos, desejos, memórias desta vida, de outras e projeções futuras.
Meditação é viver no presente!
As técnicas que lhes ofereço são instrumentos para alcançar a meditação.
A prática da meditação lhe traz consciência e muda todo seu enfoque na vida. Com consciência o estado de dormência se afasta e o observador acontece.”

Siddhartha (Meditação – O Caminho do Despertar)

 

FICHA TÉCNICA:

Musica: Flauta – Siddhartha / Edição e Mixagem -Gusta Proença

Vídeo: Gravação – Aiyshah Dadam / Edição – Aiyshah Dadam

Duração: Tempo total – 10:13 minutos.

Gravado: Realizado na sede da Delphis Universalis  Curitiba – 2016

Voz: Pergunta – Giovana Gulin